19 de set de 2011

O belo maldito

tumblr_lr65diranS1qm6onko1_500

Ibiza, 31 de julho de 1966.

 

Esta madrugada, por volta das três da manhã, completamente desperto. Impossível ficar mais tempo na cama. Fui passear pela margem da praia, acompanhado dos mais sombrios pensamentos. E se eu pulasse do alto da torre? Vim até aqui para esperar o sol, e eu não posso suportá-lo. Todo mundo está bronzeado, mas eu continuarei branco, pálido.
Ainda me entregava a toda sorte de reflexões amargas; contemplava os pinhos, as rochas, as ondas visitadas pela lua e de repente me dou conta de até que ponto eu estava ligado a este belo e maldito universo.


E.M. Cioran, Caderno de Talamanca, (Cahier de Talamanca)

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...